Daniela Santos

Escolha do recurso educativo online
A minha escolha recaiu sobre um recurso que acho bastante interessante que é o Moodle, porque é um recurso de apoio ao ensino, ou seja,é conhecido como um ambiente virtual de aprendizagem, que poderá ser utilizado quer para complementar as aulas presenciais em alguma instituição como também pode ser utilizado na criação cursos totalmente e-learning.
Como é um recurso utilizado por nós no Mestrado, achei que seria interessante fazer uma avaliação do mesmo, pois tenho visões diferentes sobre esta ferramenta, ou seja, utilizo-a como discente e também como docente.
Existe um site da comunidade Moodle, onde são discutidas ideias e dúvidas sobre a plataforma. Está dividida por menus, de forma a facilitar a exploração e participação da parte dos utilizadores que queiram fazer parte desta comunidade.

O Moodle “Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment” é um software livre, de apoio à aprendizagem, executado num ambiente virtual. A expressão designa ainda o Learning Management System (Sistema de gestão da aprendizagem) em trabalho colaborativo baseado nesse programa, acessível através da Internet ou de uma rede local.
Utilizado principalmente num contexto de e-learning ou b-learning, o programa permite a criação e gestão de cursos “on-line”, páginas de disciplinas, grupos de trabalho e comunidades de aprendizagem.
Esta ferramenta, permite aos professores lecionarem aulas e aos alunos assistir e interagir com as mesmas através de diversas atividades geridas pelo professor, tal como se estivessem numa sala de aula.

Potencialidades:

  • Oportunidade de ensino para filhos de profissionais itinerantes, alunos com deficiências físicas de locomoção, etc.;
  • Facilidade de gestão de conteúdos, através da publicação de qualquer tipo de ficheiro, conteúdos esses que ficam disponíveis para a consulta pelos alunos;
  • Espaço de acesso à informação especializada, de colaboração interação entre professores e alunos e entre os próprios alunos.

O Moodle como recurso educacional

  • O Moodle está voltado para a “educação formal” e desta forma cabe ao professor conduzir os alunos ao processo ensino-aprendizagem, instigando-os à pesquisa e ao desenvolvimento das atividades propostas quer seja em cursos de ensino à distância ou meramente como apoio a disciplinas presenciais. O mais importante é que o aluno se sinta motivado.
  • Trata-se de um hiperespaço ideal para a aprendizagem, podendo estudantes e educadores a ele recorrer em circunstâncias formais.
  • No âmbito de um curso, o Moodle permite ao professor realizar várias atividades tais como:

•    fóruns de discussão;
•    visionamento de filmes;
•    questionários e referendos;
•    testes, etc.

  • O Moodle é desenvolvido colaborativamente por uma comunidade virtual, que reúne programadores e desenvolvedores de software livre, administradores de sistemas, professores, designers e utilizadores de todo o mundo. Evolui constantemente adequando-se às necessidades dos seus utilizadores.
  • Constitui-se num software intuitivo e fácil de utilizar, que tanto pode dar origem a uma página de um único professor/formador, como à página de uma Universidade, com dezenas de milhar de alunos/utilizadores.

Grelha de Avaliação
Depois de realizar algumas pesquisas e de ter analisado o material disponibilizado pelo docente, nomeadamente o Projeto SACAUSEF bem como o Evaluating, Selecting,and Managing Learning Resources: A Guide, que foi de onde retirei o modelo de grelha a seguir, adaptando às necessidades do meu recurso escolhido, tentei criar dessa forma uma grelha original.
Para avaliar o recurso, escolhi cinco dimensões que são as seguintes:
1 –> Identificação e Descrição;
2 –> Dimensão Conteúdo;
3 –> Dimensão Linguística;
4 –> Dimensão Pedagógica;
5 –> Dimensão Usabilidade.

De seguida encontra-se a grelha preenchida com as dimensões referidas anteriormente e respeitando uma escalada de 1 a 5, em que foi considerado:
1 => Mau; 2 => Suficiente; 3 => Bom; 4 => Muito Bom; 5 => Excelente e NA=> Não aplicável.

Avaliação descritiva global
O Moodle tem vindo a ganhar cada vez mais impacto no Ensino, algumas das razões já foram descritas na parte inicial deste trabalho, no entanto depois de ter feito uma avaliação mais concreta do recurso, e a qual resultou numa avaliação de Muito Bom, é importante salientar mais alguns pontos fortes que este recurso nos possibilita.
De acordo com as dimensões que foram avaliadas, posso começar por dizer que este recurso se encontra disponível em vários idiomas, facilitando assim o acesso à plataforma em vários pontos do mundo. É uma plataforma que de quando em vez, sofre algumas atualizações, de forma a melhorar o seu acesso e desempenho e desta forma acrescenta valor ao processo ensino-aprendizagem para qual é mais utilizado. Apresenta também facilidade de acesso porque a sua aparência é muito simples e bem dividida por tópicos que posteriormente cada professor/orientador pode ainda melhorar com ilustrações, vídeos, imagens, etc, para se tornar mais atrativo.
A linguagem utilizada no Moodle é bastante simples e acessível a qualquer nível de ensino, ou seja, desde o jardim-de-infância até à universidade, etc, sendo dessa forma sempre uma linguagem adequada ao seu público-alvo. Não apresenta quaisquer tipos de erros, o que também oscila a seu favor.
Quanto à dimensão pedagógica posso dizer que é um recurso que se adequada a ser utilizado por qualquer área curricular, porque é adaptável com as várias atividades que disponibiliza, desde envio de ficheiros, publicação de conteúdos, calendarização de datas, fóruns, testes, questionários, etc., sendo por isso um recurso muito relevante para o desenvolvimento de competências de aprendizagem, porque estando disponível as atividades, os alunos poderão aceder quando bem entenderem, quer acendendo na escola, em casa ou qualquer outro lugar e desta forma cada aluno pode controlar o seu ritmo de aprendizagem.
O Moodle pode ser acedido através de qualquer browser e não existe a necessidade de nenhuma instalação de software específico.
Para finalizar, quero ressaltar que este trabalho final foi bastante interessante, porque depois de tudo o que fomos analisando durante esta unidade curricular, sem dúvida chegamos à parte final, sabendo avaliar os recursos. Sei sem dúvida que me irá ajudar na minha atividade profissional, porque também como docente utilizo recursos disponíveis na internet, mas agora vou ter sempre em conta vários pontos que são importantes analisarmos, antes de avançarmos na escolha de qualquer recurso, por isso foi uma experiência muito enriquecedora para mim.

Referências Bibliográficas
CARVALHO, Ana Amélia. (2007). Indicadores de qualidade de “sites” educativos  – Sistema de Avaliação, Certificação e Apoio à Utilização de Software para a Educação e a Formação, Número 2, Ministério da Educação, 69-82. Consultado em Fevereiro de 2012. Disponível em http://www.crie.min-edu.pt/files/@crie/1210161429_05_CadernoII_p_55_78_AAAC.pdf
CARVALHO, Ana Amélia. Manual de ferramentas da Web 2.0 para professores. Consultado em Janeiro de 2012. Disponível em http://www.crie.min-edu.pt/publico/web20/manual_web20-professores.pdf
MOODLE, Comunidade. Consultado em Fevereiro de 2012. Disponível em http://moodle.org/
PINTO, Maria. (2005) Avaliação e Qualidade dos Recursos Electrónicos. Universidade de Granada. http://www.crie.min-edu.pt/files/@crie/1156760066_CRIE_Lisboa_2005_Maria_Pinto.ppt
SACAUSSEF (2008). Guião de Apoio à Avaliação de produtos Multimédia. Ministério da Educação. Disponível em http://www.crie.min-edu.pt/files/@crie/1220024785_13_SACAUSEF_III_115a124.pdf

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: